Como diz um velho e conhecido ditado: “Uma andorinha só não faz verão”.
Precisamos estar juntos para fortalecer nossa atuação nos Conselhos Deliberativo e Fiscal da Petros. E para promover as mudanças necessárias em defesa dos nossos direitos, o conselheiro precisa dialogar, negociar e, sobretudo, contar com o apoio dos participantes e assistidos de todos os planos.

Por isso, nossas propostas são baseadas em um mandato participativo e foram construídas de forma coletiva, levando em consideração o momento atual, que é o cenário mais grave já vivido por todos nós.
“Juntos pela Petros”. Essa é a melhor proposta para melhorar o presente e garantir a segurança do futuro dos nossos participantes e assistidos.

Captura de Tela 2021-04-27 às 23.45.04

Rafael Crespo

Candidato a Conselheiro Titular

O petroleiro Rafael Crespo é um campista de 34 anos, casado com a Carina e pai do Eduardo, Alice, Sofia e Artur. Ele entrou na Petrobrás em 2006 e sempre trabalhou na base administrativa de Imbetiba, em Macaé, no Rio.

Diretor do Sindipetro-NF, Rafael é especializado em fiscalização e auditoria de contratos. Formando em Big Data e Inteligência Analítica, ele tem certificações nas áreas de previdência complementar, governança corporativa, comunicação, investimentos e gestão baseada em riscos, controle interno e auditoria, com experiência em negociações corporativas.

Anselmo Braga

Candidato a Conselheiro Suplente

Mineiro, de Belo Horizonte, 41 anos, pai da Rebeca e do Daniel, ele entrou na Petrobrás em 2002, na Refinaria Gabriel Passos, e sempre trabalhou no setor de Hidrotratamento.

Anselmo é técnico de operação e faz curso superior de administração pública. Ele também é diretor do Sindipetro-MG, onde atua na defesa dos direitos dos trabalhadores da ativa, aposentados e pensionistas junto à Petrobrás. E tem bastante experiência em mesa de negociação, com a empresa e outras instituições. Uma característica muito importante para exercer a função de conselheiro.

chapa

Felipe Grubba

Candidato a Conselheiro Titular

O paulistano, de 36 anos, pai do Gustavo, é empregado da Transpetro desde 2008. Já trabalhou no Terminal de Guararema e no prédio administrativo, o Edisp 2 e atualmente é coordenador da Regional São Paulo do Sindicato. Formado em Geografia, Grubba está cursando agora Especialização em Economia do Trabalho, na Escola do Dieese.

Há 12 anos, é diretor do Sindipetro SP, atuando junto às secretarias jurídica e de administração e finanças, e com bastante experiência em negociações coletivas.

Luiz Mario

Candidato a Conselheiro Suplente

O petroleiro Luiz Mario, 53 anos, é o candidato indicado pela FUP e pelos Cabeças Brancas para suplente do Conselho Fiscal da Petros, na Chapa “Juntos pela Petros”.

Nascido no Rio de Janeiro, ele é casado e pai de duas meninas. Tem formação técnica industrial em edificações e também é professor. Entrou na Petrobrás em 2006 e, atualmente, está lotado na Refinaria Duque de Caxias. Leciona na Universidade da Petrobrás, onde dá aulas de fiscalização de contratos, construção civil e movimentação de carga. Atuou como diretor do Sindipetro-RJ e da Federação Nacional dos Petroleiros (FNP), sempre ativo na luta contra a privatização da companhia e em defesa dos direitos trabalhistas.